learnex

Carolina Bernardes

CAROLINA BERNARDES

 

A Autora do livro Retalhos e Epopeias nasceu em 1976 entre os canaviais de Ribeirão Preto e sempre sonhou em se instalar nas montanhas. Enquanto não pode vê-las de sua janela, gosta de cuidar de suas filhas, da comida, de uma dupla de cães apaixonados, de uma gata princesa e de duas calopsitas carinhosas. Tem muitas plantas e muita coragem, lê tarô, ama vinho e rock, mas odeia cebola.

É Doutora em Teoria da Literatura e Mestre em Estudos Literários pela UNESP. Pesquisa Literatura Grega moderna e a relação entre Literatura e Filosofia. Foi estudar Letras para ser escritora, mas passou por muitas salas de aula enquanto isso não aconteceu. Seus primeiros livros foram publicações artesanais, feitas em casa e pela autora. A obra infantil Flauis recebeu o prêmio “Grandes Empresas na Literatura” (Instituto do Livro-Ribeirão Preto, 2010). Hoje é professora universitária, colunista da seção Escrita Criativa no site literário Benfazeja, ministra cursos de Formação de Escritores e escreve no blog Retalhos e Epopeias.

 

Contatos:

 

Skook de Algarobas Urbanas

 

 


Conheça trechos de 03 contos do livro Retalhos e epopeias, de Carolina Bernardes

 

Trecho do conto “Rasuras”

 

"Com o lápis em punho, risco o formato de uma estrutura mental. Não há desenho em meu sangue. Mas o traço segue o curso. Navalha espigada, comedida, confirma o rastro, vinca e fura a tênue linha esboçada. Papel multicor recebe o talho. Ferido, toma a forma que lhe cabe – ser somente um utensílio. Alcanço a tesoura para o corte das rebarbas. Limpo as membranas, o estrepe na pele do centauro. Os braços se elevam, infensos ao dorso e pernas, que se desfazem em instinto. “Como um centauro, tu te ergues diante de mim, as mãos tocando o céu, os pés enfiados na lama”. A cola recompõe o mundo, estampa o outro destino."


[...]


***


Trecho do conto “O Intervalo”


"Caí e não olhei ao redor. Não lancei um prêmio ao herói que me sustivesse em seus braços. Saltei e não indaguei se sobreviveria. Enquanto as luzes do norte pudessem amarelecer a poeira de meus sapatos, eu seguiria. Viajaria. Mas não desviaria meus olhos para as margens. Saio, enfim, a esmo e durmo no capim. Na lentidão da noite, descubro quão forte é o arroubo das lembranças. Não pertenço ao nada, pertenço ao latim. Não vivifico a noite nem as brumas. Mas descubro que existe um subir. As lembranças me indicam a existência. Amarrado à terra de meu inferno, começo a brotar. Ouço vozes distantes. No deserto, as miragens começam a se voltar para mim. Vejo dores e explosões. Mas vejo o vento varrer tudo e carregar num redemoinho. A areia fica eterna. Seus grãos são carregados para terras longínquas e desconhecidas, e um dia retornam. Entendo que tudo fica, nada parte, nada se distancia."

 

[...]

 

***


Trecho do conto “O grito”

 

"Inúmeros são os escritores que se formam pelo Brasil. As mais diversas pessoas, com diferentes graus de escolaridade, cultura, crenças e motivações nutrem em comum o desejo de encontrar meios no mundo moderno de continuarem a escrever, por mais que a arte literária não seja uma fonte rentável para a maioria dos escritores. Certamente, alguns não encontrarão o sustento por meio de seus livros e as exigências do cotidiano profissional serão fatais para sua escrita. Outros resistirão, escrevendo após o horário das aulas naquela pequena faculdade, após servir a muitas mesas em uma noite fria, após atender uma sala de espera lotada de pacientes com dengue. Aos alunos, clientes e pacientes não interessa se o professor, garçom ou médico tem um grito interior que clama pelo sossego, pelo silêncio, pela morte do tempo para que a história realmente aconteça. É assim que os escritores querem e precisam passar sua vida, paralelamente às vozes do cotidiano. Não que sejam pessoas especiais, eleitas por uma entidade sobrenatural, superiores em sensibilidade e dom; essa visão romântica do escritor já não cabe na modernidade. É que o grito jamais cessa. "

 

[...]



 

Livro: Retalhos e Epopeias

Autor: Carolina Bernardes

Gênero: Contos

ISBN: 978-85-64308-33-6

Número de Páginas: 120

Formato: 15x20

Preço: R$ 26,00 + Frete