learnex

Adriana Leal

ADRIANA LEAL

 

A autora do livro Fechei os olhos para me ver, é natural de São Paulo, mãe de três filhos, poeta, escritora, designer de jóias, decoradora e produtora de eventos. Escreve desde os 14 anos de idade, com o diário como travesseiro, encantada pela música e pelas lindas histórias românticas, que seu pai, um nato boêmio, clamava ao domingos. Imbuída de uma paixão pela vida e pela natureza, acredita que a vida vai além dessa dimensão. Se reencontrou, aos 40 anos, com as palavras e no encanto da poesia, se descobriu, plantando em folhas brancas, deixa seu único tesouro, a sua essência, para vingar nesta vida.

 

Contato:

 

 


Conheça 03 poemas do livro Fechei os olhos para me ver, de Adriana Leal:

 

O AMAR DA POESIA



O amar da poesia

E o aroma das palavras

Sou eu...

A clarear a madrugada.

Quando nada tenho aqui,

Tudo o que adoro e anseio,

Tudo o que desejo e amo...

Em um mundo indefinido,

Encontro...

Nas curvas do meu destino.

Sei desse amor, dessa alma,

Seguindo em silêncio,

Contemplo fluorescências

Nas estrelas...

É assim o segredo guardado

E em poesia declarado...

 

***


EU



Como me descrever numa folha em branco?

Chega a ser quase impossível,

O tinteiro de uma única cor não traçaria pinceladas de mim,

Já que me encontrei numa tela de cores sem fim.

Tenho agora o prazer de compartilhar o resultado

Dos longos voos que fiz, conduzida por caminhos

Repletos de sentimentos, emoções,

Armadilhas camufladas, sonhos sem respostas,

Jogos sem vencedores.

Aos 40 anos, encontrei-me assim nas palavras...

Com medo, mergulhei no mais profundo de minha alma,

Atrás de uma menina que sempre teve um lápis à mão

E o sonho das palavras perdidas ao vento...

E nessa viagem temi o que encontraria dessa menina,

E me vendo mulher, fechei meus olhos à porta,

Para regressar e entender quem sou, onde fui, onde estou...

E na cumplicidade com as letras, não seriam elas traiçoeiras.

Só conduzida pela alma, ainda que aflita no encontro

Mais importante de minha vida,

Com a mulher que se escondia, entre sonho e poesia.

Do amor, da vida...

Não mais o príncipe e nem mentiras...

Só a minha verdade amadurecida,

Capaz de dar mais que um passo na vida.

Das flores me ressuscitei,

Dos amores que plantei...

Da raiz que me fiz, em alma eterna...

O jardim que só eu vivi!

 

***

MUNDO QUE FAÇO



Vivo em um mundo particular onde me guardo...

Exclusivo e único!

Faço uma redoma que me protege...

Da ausência sentida, das minhas dúvidas,

Minhas incertezas, minhas tristezas.

Guardo-me distante, intocável,

Inalcançável, inatingível.

Minha verdade é minha fortaleza,

Sinto-me só, mas segura de não perder

Esse sentimento tão íntimo,

Que me faz ser todas as cores que eu quiser.

Ver-me no branco, no amarelo,

Vermelho, preto, azul, lilás,

Rosa do amor...

Ser multicor na semente

Que planto nos meus dias,

Ser feliz em todas as estações e épocas,

Ser o que sou e o que trago dentro de mim.

Quem me olha verá o meu sorriso,

Sentirá que sou revestida de carinho e amor.

 

 


 

Livro: Fechei os olhos para me ver

Autor: Adriana Leal

Gênero: Poesia

ISBN: 978-85-64308-41-1

Número de Páginas: 172

Formato: 14x21

Preço: R$ 35,00 + Frete