learnex

Alexandre Bonafim

ALEXANDRE BONAFIM

 

Alexandre Bonafim, autor do livro de poemas O secreto nome do sol, nasceu em Belo Horizonte. Aos oito anos de idade, mudou-se para a cidade de seus pais, Franca, no interior de SP. Aos 32 anos, fixou residência em São Paulo, a fim de concretizar seu curso de doutorado. Atualmente mora em Goiânia e é professor de literaturas de língua portuguesa da Universidade Estadual de Goiás, unidade de Morrinhos. Publicou poemas e contos em importantes antologias em Portugal. É mestre em estudos literários pela Unesp de Araraquara e doutor em literatura portuguesa pela USP. O secreto nome do sol é o seu oitavo livro de poemas.

 

Contatos:

Skook de Algarobas Urbanas

 

 


Conheça 03 poemas do livro O secreto nome do sol, de Alexandre Bonafim:

 

 


Da série Celebração das marés

II


A morte, o olho cego, o corte
silenciam-se ante a luz
de uma gaivota sobre as ondas.

O seio da vida repousa
no desenho das asas
abertas em êxtase.

Nada pode deter o frágil voo.
Nem mesmo as cicatrizes são capazes
de cântico mais pleno.

A queda das horas, os gestos mortos, as chagas
são abençoados pela vertigem do azul fecundo,
da dança de arfantes contornos:
oceano, arquipélago, coração.

Das ondas nascem as redes,
frêmito de estrelas, fulgor de peixes vivos.

Dos búzios germina o amor,
viva carne a rasgar as águas,
a cortar o silêncio do sal.

O espírito nu, vivo, paira
na branca arquitetura do ar:
pão e vinho a espargir a liturgia
de ardentes crepúsculos.

A morte, o olho cego, o corte
silenciam-se ante a luz
de uma gaivota sobre as ondas.

***

 

VI


Abracei inteiramente a solidão.
O mar derramou minha presença
em todo espaço onde não existo.
De pé, em frente ao esplendor das águas,
soletro o sal, a luz dos veleiros,
o nome dos pescadores sepultos pelas ondas.
Vivo onde somente vicejam os oceanos,
onde o destino dos homens sempre se fez maresia,
pranto, arquipélago.
Nasci das estrelas marinhas,
vesti minha nudez
com o fogo dos corais,
com o nascimento das marés.
O mar derramou meus olhos
em toda iluminação onde não vivi.
Por todo o sempre abracei
as sete chagas dos oceanos.

***

 

VIII


Cortar o pulso nas águas,
rasgar o ventre no sal,
romper a pele no eterno.

O oceano abraça-me
antes das origens,
depois da morte,
na plenitude do agora:
adaga cravada na carne.

 

 


 

Livro: O secreto nome do sol

Autor: Alexandre Bonafim

Gênero:
Poesia

Número de Páginas:
148

Formato:
14x21

Preço:
R$ 30,00 + frete