learnex

Izabela Orlandi Môro

IZABELA ORLANDI

 

Izabela Orlandi é autora do livro O que esperar de uma flor amarela? (Patuá, 2013) e Vão dos bichos (Patuá, 2015). Nasceu em Vitória-ES em 1991, estuda psicologia na Universidade Federal do Espírito Santo (UFES).

 

 

Contatos:

 

 

 

 

 

 

Conheça 03 poemas do livro Vão dos bichos, de Izabela Orlandi:

 


era claro e havia o bicho
e só quando escuro
havia o homem

era claro e havia o silêncio
e só quando escuro
havia a palavra

você insistiu
em negar todas as noites
e a exatidão
me perguntava
todos os significados

mas eu te fiz o escuro
de olhos abertos
sente só: o ar que eu
passei entre os seus dedos,
só assim é bicho e homem
é silêncio e palavra

e mar.

***

 


não há silêncio
no gozo pois
a palavra muda é

respiração
dedos e nós

suor que escorre
no vão dos bichos

vivos

 

***


uma noite como essa

 

o primeiro e acidental
desvio foram os olhos
de Lorenzo habituados

o segundo já proposital
pois Lorenzo aprendeu
a dizer homem
foram as suas mãos
sangrando embaixo
dos lençóis

agora era homem era noite
agora era controle era ordem
e todas as vozes esterilizadas
mas Lorenzo se recompunha
e negava o ponto de luz
no olhar de fantasia de Cecília

em cada gaiola um pássaro
amarrava-se e Lorenzo via
todos os seus cárceres
sem código sem chave
sem mistério e sem
DISFARCES

em cada gaiola cada sombra
cantava o vento e a vida
e os santos e as preces
e as bênçãos, piedade divina
o inferno por escolha
nos olhos de Lorenzo ardia.

 

***


Conheça 05 poemas do livro O que esperar de uma flor amarela?, de Izabela Orlandi:

 

o jazz de um sorriso


há tanta vida na vida
sinto na pele
no som
na dança
no toque
no riso.

meu deus,
não deixe que amanhã
eu me esqueça disso.

baby you can drive my car.

***

 

Fios invisíveis
Paralisam corpos,
Calam palavras.

Quanto sangue há
Por baixo dos disfarces?
Quantas cicatrizes
Suturadas de punho próprio?

E dizem “Vá!”
E dizem “Fale!”
Mas e esses fios que me prendem?
Alguém os enxerga?
(tampouco eu - só os sinto.)

 

***

 

a ousadia, meu bem,
requer coragem.
quem determinou que as lágrimas
são gotas de fragilidade?

agora, me diz:
você conhece ousadia maior
que despir-se dos disfarces?

***

 

algumas pessoas
só nos sonhos
dão o ar da graça.

chego a pensar
que elas são frutos
da minha imaginação.

mas quando o sorriso
me encontra pela manhã
colho o fruto
de suas graças
com um olhar.

***

 

tartaruga
verde-água.
quer mais calma
que essa alma?

 

 


 

 

Livro: O que esperar de uma flor amarela?

Autor: Izabela Orlandi Môro

Gênero: Poesia

Número de Páginas: 100

Formato: 14x21

Preço: R$ 35,00 + frete

 

 

 

 


 

Livro: O que esperar de uma flor amarela?

Autor: Izabela Orlandi Môro

Gênero: Poesia

Número de Páginas: 100

Formato: 15x20

Preço: R$ 30,00 + frete