learnex

Adri Aleixo

ADRI ALEIXO

 


Adri Aleixo nasceu em oito de outubro de 1975, em  Conselheiro Lafaiete, Minas Gerais, mas hoje vive em Belo Horizonte onde atua como Professora de Português e Literatura. Possui textos publicados em sites e revistas literárias como Germina, Mallarmargens, Suplemento Literário de Minas Gerais, Zona da Palavra, Verso Aberto, O Relevo, entre outros. Gosta de brincar com a palavra escrita e falada e por isso adora ler poesias. Publicou em 2014, Des.caminhos, pela editora Patuá e em 2016, o livro Pés, ambos de poesia.

 

Contatos:

Skook de Algarobas Urbanas

Conheça 5 poemas do livro Pés, de Adri Aleixo:

 

 

Calefação


Os pés cansados:
cadafalso, candelabro.
Pisar minúcias
nas costas, o mundo
os filhos nos braços.

E você diz que a mulher deve ter pés delicados.



***


M&M's


Os filhos já não choram
nem pedem
olhos de chumbo e sílica
Passaram-se noites de argila
em que sonharam a casa moldada
o branco dos quartos
Na cozinha há um baleiro açucarado.
Eu temia esse tempo:
das flores de plástico
das balas de enfeite.



***


A terceira margem do rio


Ah irmã, por que choras?
Já não tens mais olhos
são duas pedras
caídas, irrigadas.

— É que ontem ele me bateu
com o corpo vivo dos meus filhos.


***


Revoada



São muitas luas e todas as dores
demora, eu sei.

Está no amplexo das conchas
ou no chão de todas as coisas

o teu pousar em minhas cores.



***


Breve estudo para gota e mar
para Norma de Souza Lopes


E porque houve o dia
em que alguém enxergou
minha miserável grandeza

e porque houve o dia
em que vi a sereia
de carne e concreto
pulsando na praça

E o que quer a gota
senão essa armadilha de mar
esse susto fremente de correnteza?

 

***


Conheça 5 poemas do livro Des. caminhos, de Adri Aleixo:

 

 

Orbe

 

Impropérios gravitam-me
Sonhos
Quimeras
e um bocado de estrelas.

***

 

Pressa



Vestida de chuva
e plena de encantos
eu disse apenas:
me pegue e me leve
para um desses seus
poemas.

***

 

Fértil



A pétala sabe, levemente quando cai
que seu destino é ser porto
do solo que a espera.

 

***

 

Fado


Já busquei a chave
do meu caminhar
agora Descaminho.

 

***

 

Três Marias
para Daniela Delias


No chão, as estrelas que colhemos
têm outros nomes:
rosas, margaridas e calêndulas.

 

 


 

Livro: Pés

Autor: Adri Aleixo

Gênero: Poesia

Número de Páginas: 80

Formato: 14x21

Preço: R$ 38,00 + frete

 

 

 

 


 

 

Livro: Des. caminhos

Autor: Adri Aleixo

Gênero: Poesia

Número de Páginas: 100

Formato: 14x21

Preço: R$ 35,00 + frete