learnex

Escamandro #2 poesia tradução crítica

ESCAMANDRO # 2 - poesia tradução crítica

Editores: Adriano Scandolara, Bernardo Brandão e Guilherme Gontijo Flores

Formato: 14x23

Capa: Ricardo Aleixo

Preço: R$ 38,00 + frete

 

 

editorial

depois de vir ao mundo o desafio de uma revista de poesia constantemente em germe é continuar mas a dúvida-pedra-no-sapato é como continuar se sempre há bons & não poucos motivos pra desistência : por que correr o risco de escrever & traduzir & comentar & divulgar poesia em tempo hostil a tudo que não seja capital brutalidade cinismo por que insistir em amarrar o passado os poemas inéditos de safo a morta arcaica publicando inéditos vivíssimos de jussara salazar & ana martins marques : tudo segue imensamente vivo & nos demanda sinais de uma linguagem do/por/para o presente com a fagulha perecível do futuro : qual é a política possível da poética? ou melhor as políticas as poéticas sem confinamento um mundo de limites sempre cruzáveis : a casa é frágil o telhado geral é de vidro & o contemporâneo como já dissemos precisa se haver com os novíssimos nascidos nos anos 80-90 com mecanologias & guaviras com as possíveis implicações do essencialismo ainda deixadas de lado com traduções atravessadas de hoffmannsthal, góngora & tasso na voz de um só poeta brasileiro com a persistência da tradição de poética visual com uma leitura recente de ashbery feita por perloff com os confins de poesia argentina brasileira portuguesa &c. os confins de gênero cor espaço que nos atravessam: algo recusa a pré-formatação porque se impõe a pensar a linguagem no mundo & tudo está aberto neste lugar mesmo o improvável o desquerido o inferno do outro que seguimos sendo : a revista como ponto de cruzamento funda uma potencialidade de políticas presentes possíveis & a poesia segue sem metafísica garantida sem legisladores secretos do mundo sem cavalo preto que fuja a galope : está aqui vejam ou não.

 

colaboradores desse número:


adalberto müller
adriano scandolara
ana martins marques
bernardo lins brandão
danilo augusto
érico nogueira
guilherme gontijo flores
hugo von hofmannsthal (áustria)
ismar tirelli neto
ismael nery
jacobo fijman (argentina)
joão luís guimarães (portugal)
john ashbery (eua)
jussara salazar
luis de gongora y argote (espanha)
marjorie perloff (áustria/eua)
nina rizzi
ricardo aleixo
rodrigo madeira
rubens akira kuana
safo de lesbos (grécia)
torquato tasso (itália)